Jump the navbar

Diretório de Informação em Saúde

  • VitaCareHIS – Software clínico (ARSLVT, IP)

    VitaCareHIS – Software clínico (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O VitaCareHIS – Software clínico da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP permite dotar algumas Unidades de Saúde de software de gestão administrativa e clínica.

  • MedicineOne – Software clínico (ARSLVT, IP)

    MedicineOne – Software clínico (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O MedicineOne – Software clínico da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP permite dotar algumas Unidades de Saúde de software de gestão administrativa e clínica.

  • SGTD – Sistema de Gestão de Transporte de Doentes (ARSLVT, IP)

    SGTD – Sistema de Gestão de Transporte de Doentes (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O SGTD – Sistema de Gestão de Transporte de Doentes da Administração Regional de Saúde, IP permite efetuar a gestão de todo o circuito associado ao transporte programado de doentes, desde a prescrição da credencial de transporte, aprovação, realização do transporte e sua validação pela entidade destino (prestadora).

  • RCV – Registo Centralizado de Vacinas (ARSLVT, IP)

    RCV – Registo Centralizado de Vacinas (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O RCV – Registo Centralizado de Vacinas da Administração Regional de Saúde, IP permite o registo das inoculações vacinais por Entidades Privadas e Hospitais Públicos da ARSLVT, IP.

  • SISP – Sistema de Informação para a Saúde Pública (ARSLVT, IP)

    SISP – Sistema de Informação para a Saúde Pública (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O SIPS – Sistema de Informação para a Saúde Pública da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP permite o registo da atividade de Saúde Pública da ARSLVT, IP.

  • SIGA – Sistema de Informação Geográfica (ARSLVT, IP)

    SIGA – Sistema de Informação Geográfica (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O SIGA – Sistema de Informação Geográfica da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP permite a análise espacial das Unidades Funcionais da ARSLVT, IP.

  • SIARS – Sistema de Informação (ARSLVT, IP)

    SIARS – Sistema de Informação (ARSLVT, IP)

    May

    30

    O SIARS – Sistema de Informação da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP permite a análise e acompanhamento da atividade e produção das Unidades Funcionais – Cuidados de Saúde Primários da ARSLVT, IP.

  • SIM – Sistema de Informação Multidisciplinar (SICAD)

    SIM – Sistema de Informação Multidisciplinar (SICAD)

    May

    29

    O SIM – Sistema de Informação Multidisciplinar, do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD), dá suporte à atividade operacional deste serviço central do Ministério da Saúde, nomeadamente no que diz respeito ao processo clínico dos utentes e prescrição eletrónica. O acesso via Web permite o fácil acesso ao sistema dentro da rede do SICAD às unidades especializadas dispersas pelo país, juntamente com os seus profissionais (médicos, psicólogos, enfermeiros, técnicos serviço social, técnicos psicossociais, auxiliares, administrativos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas e nutricionistas).

  • SIIP – Sistema Integrado de Informação de Prestadores (SGMS)

    SIIP – Sistema Integrado de Informação de Prestadores (SGMS)

    May

    28

    O SIIP – Sistema Integrado de Informação de Prestadores, da Secretaria-Geral do Ministério da Saúde, reúne informação de cariz institucional e operacional de todas as entidades do Ministério da Saúde, entidades convencionadas e farmácias, de interesse e utilização transversal a todo o Ministério da Saúde.

  • Estatísticas do Pessoal de Saúde

    Estatísticas do Pessoal de Saúde

    Mar

    30

    O Instituto Nacional de Estatística, IP (INE), recolhe e divulga, desde 1969, informação sobre pessoal de saúde inscrito nas organizações profissionais. A informação estatística relativa a número de profissionais de saúde inscritos nas organizações profissionais (médicos, médicos dentistas, enfermeiros, farmacêuticos – total e de oficina –, profissionais de farmácia, técnicos paramédicos) é obtida anualmente junto das respectivas organizações profissionais (ordens, associações, sindicatos). Com base na i8ntegração da informação recebida, o INE organiza os quadros de apuramento para divulgação.